Histórias de apropriação do conhecimento científico-tecnológico para superação de injustiças

Pessoal, eu estou fazendo um levantamento e achei que é de interesse de geral, então resolvi criar esse tópico.
Estou querendo fazer um levantamento de histórias de pessoas, comunidades e grupos que tenham, mesmo que em pequeno nível, construído soluções tecnológicas para seus problemas sociais. Não precisam ser soluções completamente autônomas, mas que envolvam pessoas que se apropriaram de um conhecimento científico e tecnológico e resolverem algum problema social dos quais eles tinham consciência.
Por problema social estou dizendo que não é um problema individual, que é uma situação que tenha raízes em questões mais estruturais como o racismo, machismo, capacitismo, etc.
Também destaco a importância de serem histórias, e não só tecnologias, justamente para ressaltar o envolvimento de pessoas reais com a tecnologia.
O que quero dizer com isso é que não busco exemplos de universidades/empresas que levaram uma solução tecnológica para algum lugar distante, nem só casos de pessoas de contextos desfavorecidos que criaram uma tecnologia qualquer (sem relação com a sua realidade), e também não precisa ser tecnologia livre/ciência aberta, mas melhor se for; estou buscando casos de grupos que desenvolveram soluções para a suas realidades, para superar dependências, injustiças, etc.
Na minha dissertação estou escrevendo sobre tecnologias livres e como podem contribuir para a emancipação, para a superação das situações de injustiça, mas também estou pontuando a necessidade de que isso esteja associado a tomada de consciência da situação de opressão em si (sim, é Freire).
Dois exemplos do que tenho buscado são o famoso Safecast, em que várias pessoas (em associação com universidades) desenvolveram o próprio detector de radiação, “superando” assim uma dependência do Estado e etc. O outro exemplo é o do Afro Engenharia, em que um estudante de engenharia (negra e morador de favela) tem criado materiais e equipamentos de audio-visual com estética africana para "evitar’ que pessoas pretas levem tiros da polícia enquanto correm pela cidade gravando uma cena (no caso, imagina uma pessoa preta correndo com um tripé preto atrás de outra pessoa, a chance de levar um tiro é de 120%). Se esse tópico bombar, eu compartilho aqui os links e artigos sobre os dois assuntos.

Tem relação com esse tópico aqui, mas achei ligeiramente diferente a proposta dos tópicos.