Coincidência programada?

Ontem, meu telinha (um smartphone motorola x4) começou a agir de modo estranho. Já tem uns meses que eu fico brigando pra mantê-lo funcional, já que os 32G de armazenamento parecem não ser suficientes, o que já é ridículo em si. Uma vez por semana tenho que remover manualmente o cache de um monte de programas.

Lembro que antes de comprar eu pensei que nunca teria problemas de armazenamento, mesmo porque poderia inserir o cartão de memória que já usava anteriormente e utilizá-lo como extensão. Estava enganado, já que a versão do Android que a Lenovo forneceu para esse aparelho não permite essa funcionalidade (possivelmente por bons motivos, mas eu só soube depois de adquiri-lo).

Pois bem, ontem eu comecei a ter problemas, que ainda não consegui isolar. Algumas aplicações travam, demoram muito mais a responder do que o usual. Muitas vezes o leitor de digitais pára de funcionar, como se não conseguisse ler a tempo e já ativasse a função do clique prolongado que leva à tela inicial.

Pensei em zerar o aparelho e começar do zero, talvez com um firmware alternativo. Mas aí lembrei que ainda tenho alguns programas associados a meu número antigo no Brasil, que já foi desativado, e por estupidez burocrática não podem ser associados a um número estrangeiro (ah, nada como o mundo fiscal pra não deixar esquecer das fronteiras, mesmo nesses tempos gasosos).

Cheguei a cogitar um aparelho novo quando nos próximos meses finalmente mudar para a Alemanha (algumas operadoras oferecem o Fairphone com desconto em contratos longos). Mas me senti culpado de cogitar a hipótese, e me pus a investigar há quanto tempo uso esse bicho. Encontrei um email de notificação da ativação de uma conta bancária, e fiquei bem surpreso com a data: 30/07/2018.

Curiosamente, meu telefone passou a agir de maneira bizarra exatamente dois anos e um dia após ter sido ativado. Fico torcendo para que isso seja somente uma coincidência bizarra. Inocente eu?

1 Curtida